Thiagosm’s Weblog

November 24, 2008

Pycontrole 1.5

Filed under: python — thiagosm @ 3:37 pm

picture-42picture-51

picture-11picture-6picture-7picture-3picture-2

Pycontrole

Pycontrole é um sistema Open-Source feito em Python que permite o gerenciamento de clientes de um provedor. Através de uma interface amigável e simples, é possível controlar o acesso, limitar banda, gerar relatório de tráfego, obter informações de consumo de link e consumo dos clientes e outras opções a mais.

Alterações :

Framework deixou de ser turbogears 1.0.7 e passou a ser pylons 0.9.7.

Alguns recursos em Ajax utilizando jquery para consulta de disponibilidade de ip, tráfego e outros.

Melhoramento no SNMP, adicionado Ping e Traceroute ( mtr ).

Adicionada algumas validações em javascript e formencode.

Mais permissões para um maior controle

Configurações de como controlar a banda ( usando IMQ ou fwmark iptables mark ) via gráfico, ativar e desativar dhcp, utilizar ou não sudo, etc…

Softwares Utilizados :

Pylons 0.9.7 rc3 ( ou rc2 ) – Framework

SQLAlchemy 0.4.7p1 – ORM

Psycopg2 – Driver conexão PosgreSQL

ReportLab 2.2 – Gerar PDF

Pil (imaging 1.6) – PDF com imagens

Pisa 3.x – Ferramenta para gerar pdf (html to pdf )

Html5lib – Dependencia do Pisa

Python 2.5.x

Download ?

http://code.google.com/p/pycontrole/downloads/list

Install ?

http://code.google.com/p/pycontrole/wiki/InstallPycontrole15

Um pouco sobre a mudança.

Sempre procurando o framework ideal, resolvi utilizar pylons para criar minhas próximas aplicações. Nunca vi ou ouvi ninguem que utiliza ou utilizou pylons no meu estado, mas resolvi conhecer mais a fundo esse framework. Depois de googlear muito, vi muito sobre turbogears 2.0 e pylons, com isso resolvi utilizar pylons puro mesmo.

Acostumado na vida boa com turbogears, widgets, identity, mochikit, tgtools, catwalk, em pylons tive que criar o que eu precisava “no braço”. O sistema de autenticação foi a primeira coisa, no tg sempre usava o identity, no pylons ou crio um mecanismo de autenticação próprio ( usando sessoes ), ou utilizo repoze.who. Os templates também notei diferença em velocidade, mako é realmente mais veloz e simples de entender do que o kid, a parte de endereçamento de urls ( Routes ) é bem mais interessante do que ficar utilizando @expose no turbogears e instanciando objetos no controllers.py. A parte de validação sempre utilizava @validate do turbogears, no pylons foi no formencode direto.

Ajax estou utilizando jquery para ajaxiar as coisas, widgets fizeram falta no pylons, mas não é o fim do mundo.

Gosto muito do turbogears e ainda utilizo, mas as próximas aplicações eu vou dar uma credibilidade para o pylons.

Para quem ainda não utilizou pylons, recomendo experimentar.

Projeto de TCC – Sistemas de Informação – Unp – Universidade Potiguar – Thiago Montenegro / Andrielly Costa

Advertisements

Blog at WordPress.com.